Viva Grande BH

Em tempos de pandemia
Há 4 semanas

Em tempos de pandemia, quarentena, suspensão de atividades escolares e outras modificações enfrentadas em virtude do novo coronavirus, um problema vem preocupando muitos pais e responsáveis: como suprir os estudantes de informações escolares sem a presença do professor? Já são algumas semanas sem aula e pelo que parece ainda demorará mais tempo até que nossos estudantes retornem para a escola. Assim, os pais ou responsáveis, nesta situação não têm escolha, devem assumir a educação familiar e a educação escolar dos filhos. Porém, sabemos que nem todos estão preparados para assumir essa responsabilidade. E nem precisam se preocupar. Essa é uma tarefa da escola. Porém, aproveitando o isolamento social, agora é o momento de aprender, de experimentar, de errar também, por que não. É o momento de envolver os filhos nas brincadeiras, no ato de contar histórias, de ler para eles e com eles. Essa é uma formula que funciona, pois sabemos que a brincadeira, a leitura e o ato de contar e ouvir histórias podem envolver emocionalmente e influenciar no comportamento em momentos difíceis.

Porque desde bebes até a idade adulta não temos como fugir da leitura. Ler é um antídoto, é uma experiência, é uma viagem e uma maneira de sair de um determinado estágio modificando assim nossa maneira de pensar e agir. Estamos sempre em contato com textos, seja através dos olhos, ou pelos ouvidos ou mesmo tocando-os através dos livros. Sendo assim, aproveitando o toque do livro, podemos ler uma história para as crianças, uma poesia que inspire pensamentos bons, a história do Brasil e a história geral como se estivesse lendo um romance. E durante a leitura, faça uma pausa nos momentos importantes e discuta com elas. Estimule-as a dialogar, a argumentar, ou simplesmente falar sobre a leitura e sobre o conhecimento que estão adquirindo.
E para tudo isso, sabemos que a internet possui milhões de informações que podem ser acessadas a qualquer momento, mas sem a garantia de estarmos levando ao conhecimento das crianças algo que seja realmente necessário e que contribuía com seu crescimento educacional. Por isso, aproveito a oportunidade para trazer algumas experiências que podem ajudar de alguma maneira.

E se estamos dispostos a aprender um pouco mais podemos procurar por pessoas que possam transmitir algum conhecimento, sem sair de casa. Por exemplo, para aprender a contar histórias procure pela “Flavia Gama” na internet.
(https://www.youtube.com/results?search_query=flavia+gama)

Você irá se surpreender com o poder das histórias.

Quer aprender um pouco de Língua Portuguesa. Visite alguns sites interessantes que são confiáveis como:
https://www.soportugues.com.br/
https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/lingua-portuguesa

Se precisar consultar um dicionário de Língua Portuguesa dê uma olhadinha em:
https://dicionario.priberam.org

Existem outros que podem ser descobertos. Além disso, existem também aulas incríveis disponíveis no youtube. É só experimentar, descobrir e envolver os pequenos.
Não é fácil a situação que vivemos. Os estudantes estão apreensivos, e os professores, certamente, também estão. Por isso, é o momento de aproveitar o tempo e aprender um pouco mais sobre as coisas e compartilhar esse conhecimento com os filhos.

 

Ronan Gomes

Especialista em práticas de ensino em inclusão de pessoas com deficiências,
professor de Lingua portuguesa/literatura na rede de ensino de Contagem, revisor e escritor.
ronangomes23@gmail.com